47º Festival Internacional de Folclore inicia nesta quinta, em Nova Petrópolis

47º Festival Internacional de Folclore inicia nesta quinta, em Nova Petrópolis

Em 17/07/2019
por Eduardo Borile

O 47º Festival Internacional de Folclore tem início nesta quinta-feira (18), em Nova Petrópolis. Com o tema O Tempo da Diversidade Chegou, o evento anuncia que culturas de diversas partes do mundo, todas unidas em uma grande festa de integração entre os povos, tomarão conta de Nova Petrópolis. O maior evento cultural da Serra Gaúcha espera receber mais de 130 mil visitantes ao longo de 18 dias de programação. O 47º Festival Internacional de Folclore tem início com o Acendimento da Chama Folclórica. A cerimônia ocorre nesta quinta, às 19h30, na Associação Cultural, Esportiva e Recreativa Canto Amizade, na localidade de Vila Olinda. Desde a 40ª edição, a Chama Folclórica representa a cultura, a paz e a diversidade, aquecendo corações e marcando o início das atividades do festival, que é um dos mais expressivos eventos culturais do Estado do Rio Grande do Sul.

+ Cine Kids | ‘Bolt – Supercão’ é exibido nesta quarta, em Caxias

A abertura oficial ocorre nesta sexta-feira (19), a partir das 19h30, na Rua Coberta de Nova Petrópolis. Momento de valorização e reconhecimento àqueles que tornam real o maior evento cultural da Serra Gaúcha, a cerimônia promete muita emoção aos presentes com a apresentação do espetáculo Laços do Tempo. O espetáculo conta com intervenções teatrais e números de dança e canto, sincronizados com elementos audiovisuais e show de luzes. O 47º Festival Internacional de Folclore vai receber 43 grupos e cerca de 1.500 artistas em Nova Petrópolis. São sete grupos folclóricos internacionais (Gana, Costa Rica, Paraguai, Colômbia e Argentina), seis nacionais (Pará, Pernambuco, Bahia, Espírito Santo e Minas Gerais), seis regionais e 24 grupos locais. Durante os 18 dias de programação são 200 espetáculos no palco principal, além de 20 apresentações nos palcos da comunidade em, aproximadamente, 170 horas de apresentação. | Foto: Mauro Stoffel

Central de Conteúdo UCSfm