Queen convida fãs a criarem novos clipes oficiais para clássicos

Queen convida fãs a criarem novos clipes oficiais para clássicos

Em 14/08/2019
por Eduardo Borile

Como você já sabe, o clipe Bohemian Rhapsody do Queen atingiu a marca de 1 bilhão de visualizações no Youtube. É o primeiro vídeo lançado antes dos anos 1990 a atingir o número. E, para comemorar, a banda firmou uma parceria com a Universal Music, a Hollywood Records e o YouTube Music para refazerem alguns dos principais clipes de clássicos do Queen — mas, desta vez, com a ajuda de fãs. A campanha You Are The Champions (“vocês são os campeões”, uma alusão à música do Queen We are the Champions) convida fãs da banda e do YouTube a fazer novos vídeos para Bohemian Rhapsody, A Kind of Magic e Don’t Stop Me Now. Os vídeos têm premissas diferentes: para Bohemian Rhapsody, as participações são de músicos e instrumentistas. Para A Kind of Magic, foram convidados artistas visuais. E em Don’t Stop Me Now, as estrelas são dançarinos interpretando uma coreografia criada por Polly Bennett, treinador de Rami Malek no longa Bohemian Rhapsody.

+ Elza Soares apresenta obra inédita da cartunista Laerte na capa do disco ‘Planeta Fome’

Além dos três vídeos com participações livres de fãs, há um projeto também para We Will Rock You. Neste, vai ser criada uma colagem com sons de eventos esportivos para recriar a clássica batida do “boom boom clap” responsável por eternizar a música. Brian May e Roger Taylor, ambos integrantes do Queen, comentaram nas redes sociais sobre a marca e a comemoração:

Estamos honrados que ‘Bohemian Rhapsody’ atingiu um bilhão de visualizações no YouTube. Queremos agradecer a todos e celebrar com os nossos incríveis fãs em todo o mundo. Se você é músico, cantor, dançarino, artista visual ou apenas quer se divertir, acesse o site para obter mais informações e vamos nos encontrar na estrada em algum lugar”, comentaram.

Para poder participar dos vídeos, a pessoa deve se inscrever até o dia 18 de agosto deste ano pelo site oficial do projeto. Os vídeos finais vão ser publicados no canal oficial do Queen no YouTube.

Fonte: Rolling Stone | Foto: AP